"Não há hospital da mulher melhor que o de Fortaleza", diz ministro da Saúde

Data 20/08/2012 09:30:00 | Tóopico: Noticias BAB

“Podem existir outros hospitais da mulher tão bons quanto este. Mas, com certeza, não melhores que o Hospital da Mulher de Fortaleza. Aqui a preocupação é de dar um atendimento humanizado, com ótimos profissionais e equipamentos de última geração, que não existem nem na rede privada".


Foi assim que o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, se referiu ao Hospital da Mulher de Fortaleza durante a inauguração do equipamento na manhã desta sexta-feira (17/8).



"Esse é um momento de muita emoção. A gente sonha e faz de tudo pra conseguir realizar. Hoje é o dia de comemorar a realização de um sonho”, declarou a prefeita Luizianne Lins na solenidade aberta ao público e com a presença também do secretário de Gestão Estratégica e Participativa do Ministério da Saúde, o ex-secretário municipal de Saúde, Odorico Monteiro, do secretário de Saúde do Estado do Ceará, José Arruda Bastos, e da secretária municipal de Saúde, Ana Maria Fontenele, além de outras autoridades, movimentos sociais e a população em geral.



Para o ministro Alexandre Padilha, que também representou a presidenta Dilma Rousseff, a preocupação com os cuidados da saúde da mulher deve ser o foco de todas as esferas de governo. Por isso, ele salientou que Fortaleza já está em vantagem por implantar um equipamento voltado especificamente para a mulher, o maior hospital especializado em saúde feminina do Nordeste.



Visivelmente emocionada, a secretária municipal de Saúde Ana Maria Fontenele agradeceu à prefeita Luizianne Lins a oportunidade de se tornar gestora da saúde e responsável por colocar o hospital em funcionamento. “Como eu não gosto da palavra desafio, embora tenha consciência de que a vida é cheia de desafios, encarei o convite que ela me fez como uma oportunidade. Então, agradeço pela oportunidade. Principalmente, por também ser mulher e saber, como as atuais e futuras usuárias deste equipamento, da necessidade que temos de uma atenção especial à saúde”.



Durante a solenidade também foi entregue um “Kit Cegonha” à Marcilene Kellen dos Santos, 30 anos, moradora do bairro São João do Tauape e representante das mulheres atendidas em Fortaleza pelo Programa Rede Cegonha, do Governo Federal. No sétimo mês da primeira gestação, de alto risco e com problemas de pressão alta, Marcilene precisa de atendimento médico especializado e deve dar à luz no Hospital da Mulher.



O novo equipamento de saúde da cidade começou a funcionar no último dia 2 de julho. Dando continuidade à proposta de ampliar os atendimentos de forma gradual, as internações começaram no dia 21 de julho, com a ocupação de parte dos 40 leitos de retaguarda para o Instituto José Frota (IJF), ajudando a desafogar o maior hospital de urgência e emergência do Ceará e proporcionando um atendimento mais qualificado para as mulheres que aguardavam cirurgia.



No último domingo (12/8), as primeiras gestantes deram à luz no Hospital da Mulher, em partos naturais assistidos. Dois dias depois, foi realizado o primeiro parto cirúrgico na unidade. E na última quarta-feira (15/8), a prefeita Luizianne Lins inaugurou o heliponto do hospital, o primeiro a entrar em operação na rede pública municipal.

A Prefeitura de Fortaleza investiu 78,8 milhões de reais para construir e equipar o Hospital da Mulher e recebeu 9,3 milhões de repasses do Ministério da Saúde. O hospital tem 184 leitos, incluindo dez de UTI neonatal, 16 de UTI neonatal de médio risco e dez de UTI adulto, e quando estiver em pleno funcionamento oferecerá consultas em 16 especialidades.

Localizado no bairro Jóquei Clube, no cruzamento das avenidas Carneiro de Mendonça e Lineu Machado, em um terreno de 70.746,32 metros quadrados, com área total construída de 26.465 metros quadrados, o hospital está dividido em quatro blocos.



Fonte Texto: SMS



Este artigo veio de Bairro Antonio Bezerra. Com. Br
http://www.bairroantoniobezerra.com.br/BAB

O endereço desta história é:
http://www.bairroantoniobezerra.com.br/BAB/modules/news/article.php?storyid=1053