" /> Bairro Antonio Bezerra. Com. Br - Aprendendo a ORAR como convém
   
   

Pesquisa no Site

Entrar

Usuário:

Senha:

Lembrar-se



Esqueceu a senha?

Cadastre-se agora.

Livro de Visitas

Nossa Cidade

Sobre o Site

Menu

Aprendendo a ORAR como convém imag1
 Colunas BAB 
HomeColunas BABPr.Fábio Edson • Aprendendo a ORAR como convém

Pr.Fábio Edson

Aprendendo a ORAR como convém

Imprimir artigo Enviar este artigo para um amigo. 
Porque nossa oração precisa ser revista em seu conteúdo.

Oramos de forma que Deus se apresenta como um ídolo, manipulável, e distanciado da dor humana.

Achamos que Deus só responde se eu orar.

Ou seja, Deus responde orações e quem ora, age primeiro e Deus é reativo. Como que Deus só agisse depois que falarmos para Ele.

Entendemos oração somente a gente falando, falando e nada de se calar para ouvirmos Deus. Só quem fala é a gente, não damos espaços para ouvir Deus, ou seja, forma egocêntrica.

Entendemos como uma ação de nossa parte que coloca Deus em movimento. Não é Deus que nos coloca em movimento e sim nós que o colocamos em movimento, ou seja, um deus imóvel, manipulado.

É como que nós é quem está preocupado com o mundo e Ele muito sossegado. Aí a nossa oração chama a atenção de Deus, agiliza Deus, acorda Deus. É como que Deus estivesse desatento, muito ocupado, desinteressado e passivo até que nós o movimentemos com nossas orações, venhamos a acordá-lo.

Isso não é o Deus da Bíblia, não é o que Jesus nos revelou no Novo Testamento.

Hoje percebemos isso constantemente nos cultos e missas de libertação etc...

Aliás, observamos isso em todas as religiões, um deus manipulável pelos homens.

Mas, como entender Deus em nossas orações?

A primeira coisa que eu tenho que entender é que Deus não está imóvel e nem desinteressado.

Deus não depende de nossas orações para fazer algo, Ele faz mesmo que a gente não apele a Ele.

Deus está em movimento, está agindo. Está interessado em fazer alguma coisa. Está bastante comprometido em fazer alguma coisa. Ele mesmo prometeu fazer alguma coisa e vai fazer, quer oremos ou não.

É por isso que devemos orar, porque Deus vai fazer alguma coisa, está interessado e comprometido e Ele quer nos ter como seus cooperadores; Ele quer agir em nós e através de nós. Deus quer nos incluir naquilo que Ele quer fazer.

Na bíblia vemos muitos casos que independente das orações de seus servos iria acontecer.

A gente ver isso no dia de pentecoste; eles não estão pedindo que derrame o ES estão esperando o derramar do ES e isso aconteceria mesmo que eles não estivessem orando. Era uma promessa de Deus e não uma resposta de oração.

É por isso que você ora, é porque o ES vai ser derramado e pode ser que ele seja derramado e você não esteja lá. É por isso que você ora, não é para que Deus faça alguma coisa, mas é porque ele está fazendo alguma coisa e você perceba isso e participe.

Nós oramos não para colocar Deus em ação, Deus em movimento, mas oramos porque Deus quer fazer alguma coisa, prometeu fazer alguma coisa e vai fazer alguma coisa, e nós oramos dizendo: Senhor, quando fizeres faze-o através de mim. Quando o fizeres, faze-o comigo. Quando fizeres conte comigo. Estou disponível, interessado. Quero ser instrumento teu, quero participar do que o Senhor está fazendo.

Foi assim com Felipe em atos 8: Deus já estava falando com o etíope através do texto de Isaias e Deus usa o Felipe para batizar aquele homem. Parceria.
Veja agora Atos 9. 10 Ananias e Saulo.

Atos 10.1 Cornélio e Pedro.

Ou seja, DEUS NÃO ESTÁ PARADO! Jesus disse em João 5 que o Pai dele trabalha até hoje e eu trabalho também.

A oração é uma conversa com Deus a respeito do que estamos fazendo juntos.

Sou cooperador com Deus.

Exemplo:

Oração pelos meus filhos: eu querendo ensinar o que Deus pudesse fazer nos meus filhos, como se Deus não estivesse nem aí pros meus filhos, esperando eu me ajoelhar para que ele então me dê a resposta a minha oração.

Era para orarmos assim: Deus. Estou bastante preocupado com meus filhos, e eu sei que o senhor está muito mais interessado em abençoá-los que eu e o seu amor por eles é muito mais perfeito do que o meu.

Eu sei que os teus olhos percebem os meus filhos quando os meus nem alcançam. Eu sei que o senhor conhece o coração de meus filhos muito mais do que eu, eu sei que o senhor quer abençoá-los e redimi-los, eu sei que o senhor está agindo na vida dos meus filhos, como que eu posso cooperar para essa obra que o senhor está fazendo na vida que meus filhos?

Aí eu me calo, e com certeza Deus me dirá que realmente eu não tenho condições de cuidar deles sozinho e que precisa dEle nesse processo.

E ele vai nos usar da melhor maneira possível.

Deus cuida e nem sabemos como, mas está cuidando, temos que descansar nisso. O que precisamos é ser cooperadores.

Esperar que Deus nos mova pois ele está em movimento.

O ES é quem conduz a igreja em atos e não os discípulos que guia. Eles estavam disponíveis.

Qual é a oração? A oração é o que esta igreja estava fazendo, esperando de joelhos o fazer pois Deus está em movimento, disponíveis.

Temos que ter a nossa confiança que Deus está agindo, no controle, está interessado, está trabalhando.

Orar é a grande maneira que temos, de cooperar com Deus.

Quando você se ajoelha, Deus está trabalhando;

Quando você se ajoelha, Deus inclui você entre os trabalhadores;

Quando você se ajoelha, você se compromete com o que Deus está fazendo;

Quando você se ajoelha, percebe o agir de Deus.
Pr.Fábio Edson:
| Este artigo ainda não foi avaliado | 0.
  1 2 3 4 5 6 7 8 9 10  

Níver BAB

Publicidade

Colunas BAB

Por Rossana_Brasil

Retrato de um espelho!

15 Jun 2020
Cada um devendo respeitar a subjetividade do outro. O que passar disso é qualquer coisa, menos amor.
Por leonardofsampaio
Este é um instrumento que tem por finalidade divulgar produções literárias, poéticas, culturais e ambientais

Vende-se um açude!!!

16 Mar 2020
"...Pelo visto, não basta só se indignar, é necessário gritar, ou até acampar exigindo atitudes dos gestores públicos..."
Por VALENTIM

Os precursores da fotografia no Antônio Bezerra

27 Jan 2020
"...Outro foto bastante conhecido dos moradores de Antonio Bezerra foi o saudoso “Foto Iracema” pertencente inicialmente ao Luiz Magrinho, localizado na Rua Hugo Victor nº 44..."
Por Robson
Conteúdo sobre a RCC, Renovação Carismática Católica

O Bom Pastor!!!!!!

15 May 2020
O conceito da palavra “salvação” vem do grego sötëria de onde a tradução nos remete a cura, remédio. No latim, salus tinha um significado muito particular na época.