" /> Bairro Antonio Bezerra. Com. Br - O que plantar na minha horta?
   
   

Pesquisa no Site

Entrar

Usuário:

Senha:

Lembrar-se



Esqueceu a senha?

Cadastre-se agora.

Livro de Visitas

Nossa Cidade

Sobre o Site

Menu

O que plantar na minha horta? imag1
 Colunas BAB 
HomeColunas BAB#EcoAB • O que plantar na minha horta?

#EcoAB

O que plantar na minha horta?

Imprimir artigo Enviar este artigo para um amigo. 
Oi genteeeee, como prometi no post passado, venho hoje com dicas do que você pode plantar na sua hortinha de apartamento! Espero não ter demorado muito. Vamos lá!

Ter uma horta em casa é, sem dúvidas, sinônimo de saúde, pois cultivar esses alimentos pode ser um incentivo a mais para incluir vegetais na alimentação cotidianamente, você garante hortaliças completamente livres de agrotóxicos, além de o momento que você passa cuidando da sua hortinha ser uma ótima terapia, sem falar de toda a energia boa que as plantas levam para o ambiente.

Cuidar da sua horta pode ser uma boa atividade para desenvolver com a família, momento que vai ajudar a ensinar e aprender lições de responsabilidade, sustentabilidade, além de proporcionar um contato maravilhoso com a natureza. Não podemos esquecer dos benefícios de economia, pois como um sistema cíclico e contínuo, a longo prazo, você vai sentir a diferença no bolso na hora da feira.

Open in new window


Vou dar algumas dicas. Você pode plantar tudo, ou começar apenas por um e depois ir completando, pode escolher o que você preferir e deixar de lado o que não gostar muito, o importante mesmo é começar.
Os temperos
São as plantas comestíveis mais fáceis de crescer em apartamentos. Por isso, hoje eu vou dar dicas de como plantar coentro, cebolinha e manjericão que considerei como boas opções porque são temperos bem usuais, além de serem bem simples de produzir, requerem apenas um lugar com sol na janela e água regularmente.

• Coentro: Esse deve ser plantado por sementes que são facilmente encontradas em lojas de jardinagem (recomendo o “Verdão” que é mais resistente a nossa temperatura). Para agilizar a germinação, uma dica é deixar as sementes de molho em água por um dia antes de plantá-las. A colheita pode ser feita, em média, de dois a três meses após o plantio. As folhas devem ser colhidas inteiras. O ideal é que se plante uma fileira ou jarro por semana, para que se tenha plantas prontas para colher toda semana.
• Cebolinha: Essa é muito fácil. Sabe aquela parte branca da cebolinha que muita gente nem usa? Pois é, é ela que vamos plantar e então outras folhas vão rebrotar dali e poderão ser utilizadas. A dica é deixa-las umas horinhas no sol antes de plantar para que percam bastante água, então você planta na terra úmida e ela vai pegar bem mais rápido porque vai imediatamente querer sugar a água da terra, olha que legal! Daí quando crescerem as folhinhas outra vez, você só corta a parte verde inteira, nunca pela metade, para utilizar de tempero e deixa o bulbo (parte branca) lá na terra para brotar outra vez. A colheita pode ser feita de dois meses e meio a quatro meses após o plantio.
• Manjericão: O manjericão pode ser plantado a partir de ramos de plantas adultas de em média 15 cm. Basta pegar o ramo e colocá-lo em um recipiente com um dedinho de água, com alguns dias você vai notar saindo do ramo pequenas raízes, deixe essas raízes crescerem por mais alguns dias e então plante-o no vaso. As folhas podem ser colhidas após dois ou três meses do plantio. Essa plantinha necessita bastante água.
Você também pode plantar tomates que podem crescer tanto em jardim, plantado direto na terra quanto em vasos. É essencial que eles fiquem expostos à luz 12 horas por dia, por isso, deixe-os em um local em que bata muito sol. A minha dica é que você plante tomates-cereja que além de deliciosos ocupam menos espaço. Plantar pimentões pode bagunçar um pouco a casa, porque é necessária muita terra para que eles cresçam, mas vale muito a pena, pois esse é um dos alimentos que compramos que mais contém agrotóxicos, assim os plantando em casa iremos nos livrar de muita contaminação.
• Tomatinho cereja: Pode ser plantado direto no vaso. A dica é pegar as sementes do seu tomate que você ia jogar fora e colocar para secar alguns dias no sol e depois planta-las, nem precisa comprar. A melhor época para plantar é a partir de março. A colheita pode ser feita entre 60 e 70 dias após o plantio. Você vai colhendo de acordo com que os frutos vão ficando maduros – é bem nítido. Caso o peso dos frutos comece a envergar o caule, ponha uma estaca como tutor para sustentar a planta.
• As sementes de pimentão podem ser semeadas diretamente no local definitivo e você pode, como no caso do tomate, usar as sementes do pimentão que você comprou no mercado. As sementes devem ficar a aproximadamente 0,5 cm de profundidade no solo e a germinação geralmente ocorre em 1 a 3 semanas. É recomendado fazer o tutoramento das plantas para evitar que os frutos acabem tocando o solo se as plantas ou seus ramos tombarem. Geralmente a colheita dos pimentões inicia-se em 12 a 16 semanas após o plantio, e pode se prolongar por alguns meses. Os pimentões podem ser colhidos quando estão bem desenvolvidos, mas ainda verdes, ou quando estão maduros.

As folhas
As folhas são ótimas pedidas para enriquecer a salada, como por exemplo, a alface e o espinafre que além de ter muitas vitaminas, são super fáceis de cuidar. Tem a couve também, que além da salada, são perfeitas para os sucos detox.

• Alface: Pode ser plantada por sementes diretamente no local definitivo – três sementinhas por cova que deve ser bem rasa. Se nascerem os três, você vai escolher o que está mais vigoroso e remover os outro (eu sei que dá pena). Devemos deixa-la num local mais fresco. A planta pode ser colhida entre 55 e 130 dias após o plantio. Você pode colher cortando a planta pela base, deixando cerca de 2,5 cm de caule acima do solo para que as folhas possam voltar a brotar ou arrancar a planta inteira e replantar – algumas pessoas consideram que a alface rebrotado pode ficar amargo. Da mesma maneira que o coentro, o ideal seria plantar uma em cada semana para que não fiquem prontas para colher de uma vez. Importante: Se você esquecer de colher e ela começar a subir para florar vai ficar muito amarga.
• Espinafre: Pode ser plantado de sementes diretamente no local definitivo. Normalmente você terá as primeiras folhas boas para comer após 40 dias da semeadura. A planta estará apta a colheita quando já tiver, pelo menos 6 folhas bem formadas – retire sempre as mais velhas, maiores, primeiro e depois vá tirando as outras no decorrer do consumo. Essa é uma planta sensível ao calor, então para o nosso clima a melhor época de planta-lo é entre março e julho para colher antes do começo dos grandes calores.
• Couve: Essa planta precisa de espaço, então caso opte por plantar em vasos, a recomendação é de que ele tenha pelo menos 25 cm de diâmetro. A semente pode ser plantada direto no vaso e uma dica importante é que quando a couve lançar o seu caule principal, esse deve ter a pontinha cortada, para estimular o crescimento das folhas laterais que é o que nós queremos. A colheita pode ser feita entre 10 e 16 semanas depois do plantio, deixando no pé algumas das folhas mais jovens para que ela continue a se desenvolver. Atenção: Não fique decepcionado caso sua couve não fique tão bonita, pois elas têm um pouco de dificuldade se desenvolver em lugares muito quentes.
Medicinais
Uma das vantagens de ter sua horta em casa é poder ter sempre a mão remedinhos naturais. As plantas medicinais já provaram sua eficácia e já sabemos que elas quase sempre causam menos efeitos colaterais que os remédios de farmácia. Assim, trouxe para vocês duas dicas muito fáceis, indicadas para o nosso clima e que podem ser plantadas em vaso.

• Hortelã: Da mesma maneira que o manjericão, vamos estimular a saída das raízes do hortelã. Essa planta deve ser plantada em vaso individual, pois suas raízes não são muito amigas de outras plantas, ela sempre vai tentar dominar. Quando for plantar o ramo que colocamos para enraizar, é necessário que se coloque um palito do lado do ramo plantado e o amarre (de leve) com uma fitinha para planta não ficar tão em contato com o solo – isso se chama “tutorar a planta”. Depois que ela pegar pode tirar o tutor, você vai notar que ela ficará em pé sozinha. Na hora de colher, recomendo que arranque só as folhas, porque assim não atrapalha tanto a recuperação para a nova produção. Os benefícios da hortelã vão de relaxamento físico e mental até recuperação e tratamento de queimaduras, por isso é muito vantajoso tê-lo em casa.
• Boldo: Planta medicinal que pode ser usada como remédio caseiro para o tratamento de várias condições, como problemas no fígado e vesícula biliar, prisão de ventre, flatulência, má digestão, azia, dores de cabeça, insônias, além de santo remédio para ressaca. Essa planta é muito simples de plantar e de pegar e se adapta muito bem ao nosso clima porque ama sol. Basta pegar um ramo de uma planta adulta e planta-la diretamente no vaso, bem fundo – Se recomenta tutorar a planta. Não precisa regar todo dia e não é recomendado encharcar. De três a seis meses depois de plantado, já se pode começar a colher.

O regado de suas plantas pode ser feito de maneira intuitiva. Se estiverem ficando com as folhas mais baixinhas já molha, ou então vocês podem pesquisar o ideal para cada planta. Pode acontecer de aparecerem pulgões na sua horta, que é a “praga” mais comum, mas não se preocupe, é fácil de controlar, basta borrifar, águam com detergente neutro diluído, na planta toda, especialmente debaixo das folhas, que resolverá o problema. Não esqueçam de tirar semanalmente as plantinhas indesejadas que podem nascer no pé das suas, para não haver competição de crescimento.

E aí? Gostaram das dicas? Marquem fotinhas de suas hortas com a hashtag #EcoAB que a gente reposta no nosso Instagram @ecoantoniobezerra. Vocês podem acompanhar outras publicações também no blog: ecoantoniobezerra.blogspot.com. Então, boa sorte e até mais.
#EcoAB: Por um BAB mais ecológico!
| Este artigo ainda não foi avaliado | 0.
  1 2 3 4 5 6 7 8 9 10  

Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Publicidade