Política e Políticos sem alma no coração

Coluna: Dependência Química
Autor: Rossana Brasil

A política é a arte em que homens exercem o mais profundo ato de ação humanitária, mas se tornam animais ferozes e malignos em escalas, que se equivalem aos animais mais inferiores.

Na política os homens trocam os pés pelas mãos, desconhecem os velhos amigos pelo simples fato de em determinado momento, os seus conceitos não condizem com o conceito de alguém e com isso se tornam adversários. "O amor vive de dar e perdoar e o egoísmo vive de tomar e esquecer."
Sathya Sai Baba esses foram os ensinamentos que deveriam servir para esses políticos que perdem sua essência.

O cavalheirismo se perdeu pela estrada da política, basta assistir uma sessão da Câmara dos deputados e senadores ( pessoas que estão apenas pelo poder ou dinheiro)muitos fazem os seus cursos nas estrebarias de alguma faculdade e se acham capacitados a levar o povo na tarrafa da miséria por considera-lo propriedade, poucos senadores e deputados estão ajudando realmente o nosso Nordeste.

São raros os que procedem com dignidade; são raros os que perfilam pela linha da verdade, pois investem pelo caminho da mentira, da fala mansa , usando o nome de Jesus ao vento ,baseado na folhinha que recebem nas duas xícaras que nos representam.

Os seus eleitores se tornam a Geny da musica de Chico Buarque, adquirido uma serie de adversários ou inimigos, enquanto o perfil de ódio entre eles em Brasília não é maior do que o coice de um porco.
Já não se faz uma política digna , já não se contempla o estender das mãos depois de passado a luta, visando em ajudar os que vivem na miséria absoluta, os que sofrem em gemidos pela fome na periferia, esses deputados e senadores do pobre Nordeste fazem tão pouco que no sertão o pobre povo morre de fome , de desemprego. Meu povo vamos aprender a votar !!!

A arte de manter a pão e circo o nosso povo faz com que o homem esqueça sua capacidade de lutar para trazer o pão para casa com o suor do seu rosto, para se contentar com bolsas miseráveis que tornam mais miseráveis os que aceitam.

O riso do político em plena campanha faz com que o eleitor se inebrie, e tenha a certeza absoluta que desta vez está depositando a sua mais profunda confiança, o seu mais profundo respeito ao político.
O tempo passa as urnas se abrem e fecham num piscar dos olhos, os telefones que eram abertos para duvidas são enterrados nas entranhas da insensibilidade, para ressurgirem nas próximas campanhas.Vejam qual o político que você votou atende seu telefonema... Raros !!!!

O mundo é uma hiena política em que suas gargalhadas ecoam, os acertos são captados em sacolas, cuecas, contas no exterior e outras safadezas, porém, e por incrível que pareça nesta safadeza perene existe um código de ética , existe ,até mesmo pasme um tribunal.

Tudo se desmorona tudo se perde pelo buraco do esgoto, como que a casa que nos tornava o repeito absoluto deixou sua dignidade e se fez santuário da falsa moral.

Somos nós os culpados, pois a preço de hoje já esquecemos em quem votamos na ultima eleição, já esquecemos os que nos esqueceram, e vivemos numa vida onde a coberta do circo nos protege da chuva e frio e nos alimentamos do pão.



.

Published:  30 Sep 2019