Untitled Document


Bairroantoniobezerra.com.br
 
Untitled Document
Pesquise no Site
 
Fortaleza

Sobre o Site
Seu Nascimento
No Zoeira
Na Boca do Povo
No VivoBlog

Desaparecidos




Nosso bairro
Home
Fundador
Histórico
Tour pelo Bairro
Fotos do Bairro
Palavra do Cidadão
Memórias
Entrevistas
Biografias
Mapa
Garota do Mês
Gato do Mês
Artistas
Desaparecidos
Coberturas
Colunistas
Aniversariantes
Bab Jogos
Homenagens
Campanhas
Vídeos
Rádio Online
Museu Virtual
Notícias
BAB Ecologia
Power BAB Point
Livro de Visitas
Guia Comercial
Animais
Auto Peças
Animação-Eventos
Borracharias
Buffets
Construção
Ciclopeças
Contabilidade
Criação de Sites
Eletro - Informática
Eletrônica Serviços
Escolas Particulares
Escolas Públicas
Facções
Frigoríficos
Informática
Loja de Cosméticos
Odontologia
Retíficas
Vidraçarias
 
 
Recomende

 

 

 


Angelita de Sousa Lima

   Meu nome é Angelita de Sousa Lima e tenho 82 anos. Nasci no local onde hoje fica é o Polivalente e morei lá durante 15 anos.

No tempo em que vim morar aqui a Igreja era pequena. Nós conhecíamos muita gente aqui no Antônio Bezerra e todos da família nos casamos na paróquia de Antônio Bezerra.

Quando a minha mãe construiu a casa em que viemos morar, não havia nenhuma casa por perto senão a tapera do Chico Gama que era onde funciona o mercantil do Luciano.

O local onde existe agora o Campo do Rio Branco antigamente era só mata. A gente pedia que se fizesse um mercado ou uma igreja, mas fizeram um campo.

O Rio Branco foi fundado pelo meu marido, o Tenente João, e pelo Tenente Araújo. Nesse tempo só havia jogador bom. Havia muitos torneios no campo e festas no Clube do Rio Branco. Minha mãe, Dona Maria do Abílio, dançava muito nas festas do clube.

Naquele tempo tudo isto aqui era mata. A gente saía à meia-noite com a lamparina para ir buscar àgua na lagoa.

A minha mãe também era muito procurada para rezar nas pessoas. Minha mãe quando faleceu, há alguns anos atrás deixou muitas saudades aqui no bairro de Antônio bezerra. Tem gente que passa e diz: "Me lembro tanto da vó!"

O cemitério, eu conheci desde que começaram a fazer. Perto do cemitério havia uma família que fazia panelas de barro e a gente ia comprar panelas lá. Eram os "canelas-de-ferro".

Naquele tempo só tinha o Patronato, bem pobrezinho, dirigido pela irmã Justina e o padre Godinho. Depois virou internato e eu não entrei mais lá.

Tive dez filhos. Todos criados aqui no Bairro Antônio Bezerra. Sete nasceram aqui e três no interior. Casei em 19/03/1946. As minhas filhas todas estudaram no colégio São Francisco.

Voltar

Bairro Antônio Bezerra.Com.Br
Publicidade

Clique nos Banners













 
Correio Eletrônico

Enquete

 

Você acha que a delinqüência dos jovens de classe média está relacionada com uma falta de responsabilidade dos pais sobre a educação dos filhos?
Sim
Não
Ainda Não Pensei no Assunto


Resultado Parcial
Comentar esta Enquete
Recomendar esta Enquete

 


Classificados


Vendo Terreno
No cruzamento das ruas Pedro Melo com Joaquim Leitão
Fone:Aguardem
falar com Júlia Castro.

Foto do Terreno

Vendo
22 Palmeiras Imperial

7 a 8 metros de altura
Fone: 8730-5176
9202-2961

falar com Sr Augusto.

Foto das Palmeiras








Anuncie Aqui
Recomendamos

 

 












 
Untitled Document
|||||||| Fale Conosco | Orkut | (85) 3235-4270 | (85) 8633-9404 ||||||||
© 2005 Bairro AntônioBezerra.Com.Br - O Site do bairro Antônio Bezerra. Todos os direitos reservados.