" /> Bairro Antonio Bezerra. Com. Br - Juliana Cavalcante
   
   

Pesquisa no Site

Entrar

Usuário:

Senha:

Lembrar-se



Esqueceu a senha?

Cadastre-se agora.

Livro de Visitas

Nossa Cidade

Sobre o Site

Menu

Juliana Cavalcante imag1
Home / Artistas / Artesanato / Juliana Cavalcante

Juliana Cavalcante

Juliana Cavalcante 

Quem Sou
Meu nome é Yana e como vocês tambem moro no bairro Antonio Bezerra. O meu trabalho recebe o nome de macramê é exclusivamente confeccionado a mão, um cinto simples leva mais ou menos 3 horas de trabalho. Para mim o trabalho em Macramê

serve como uma forma de terapia, como também de renda. O Macramê é de origem árabe, a palavra "Macramê" quer dizer franja. Supõe-se que a arte de atar e traçar fios tenha sido introduzida na Europa pelos Árabes no século XVI, como atestam ricas e variadas franjas, bordas e rendas expostas em diversos museus. 
Esta arte original foi divulgada e apreciada por vários povos e agora, depois de um período de esquecimento foi desengavetada e valorizada. Como o Macramê fazem-se franja de vários tipos, mas podem-se igualmente confeccionar tecidos resistentes. O Macramê difere de outros tipos de rendas e bordados que são executados com auxilio de agulhas de crochê, etc., porque é trabalhado apenas com as mãos as quais vão habilmente vão fazendo os nós, cruzando e prendendo os fios entre si. A linha empregada poderá ser fina ou grossa , conforme o tipo de franja desejada. O essencial é que seja de fio bem torcido e resistente, que deslize bem, pois o Macramê é trabalho baseado exclusivamente na formação do nó.

Artesanato

Juliana001


Juliana002

juliana003

juliana004

juliana005
Veja Também
Indique esta página a um amigo! Preparar para Impressão

Publicidade

Colunas BAB

Por Rossana_Brasil

Relações virtuais!

15 Apr 2021
Porém, após o advento do Whatsapp cada vez mais as pessoas sentem uma espécie de desconforto com os telefonemas...
Por Emanuel_Santos

Definitivamente: não é mais um número!!!

03 May 2021
É nesse contexto que me somo ao discurso daqueles que dizem que as vítimas do coronavírus não são somente números.
Por leonardofsampaio

Vende-se um açude!!!

16 Mar 2020
"...Pelo visto, não basta só se indignar, é necessário gritar, ou até acampar exigindo atitudes dos gestores públicos..."
Por VALENTIM

Das casas de Taipos aos Condomínios fechados.

20 Apr 2021
Com o passar dos tempos suas paredes foram substituídos por tijolos de cerâmicas, muito mais resistente e econômico.
Por Robson
Conteúdo sobre a RCC, Renovação Carismática Católica

Vamos ser julgados!

04 Jan 2021
...Olhe para você. Tens cuidado de você? Você é uma casa, comprada por um alto preço! Tens cuidado de você?...